Lançamento do movimento pró-impeachment é o Congresso respondendo às ruas, afirma líder

10 de Setembro de 2015

Fonte: Assessoria de imprensa Parlamentares lançaram hoje, 10, na Câmara dos Deputados o movimento suprapartidário pró-impeachment da presidente Dilma. O movimento foi marcado pela apresentação de um site (http://proimpeachment.com.br) no qual é possível assinar uma petição a favor do impeachment e se baseia no pedido elaborado pelo jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do Partido … Continue reading Lançamento do movimento pró-impeachment é o Congresso respondendo às ruas, afirma líder

Fonte: Assessoria de imprensa

Parlamentares lançaram hoje, 10, na Câmara dos Deputados o movimento suprapartidário pró-impeachment da presidente Dilma.

O movimento foi marcado pela apresentação de um site (http://proimpeachment.com.br) no qual é possível assinar uma petição a favor do impeachment e se baseia no pedido elaborado pelo jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores.

Poucas horas após o lançamento, o abaixo-assinado já havia tinha atingido 100 mil assinaturas. Um dos primeiros a assinar a petição, o líder Mendonça Filho (PE) disse que o país “vive um momento histórico”.

“A população já está cansada deste governo, que jogou o país na recessão e no desemprego e não apresenta alternativas para sair de uma crise que ele próprio criou”, afirmou.

Único senador presente no lançamento do grupo, Ronaldo Caiado (GO) declarou que o Congresso está dando uma resposta à voz das ruas.

“Estamos hoje respondendo à voz das ruas que nos perguntava nos protestos: e agora? Hoje essa Casa passa a ter uma sintonia direta com o anseio da população brasileira”, declarou Caiado durante coletiva.

Para o líder, o lançamento do movimento junto ao site colaborativo é o primeiro passo a ser dado para o afastamento da presidente e a recuperação da credibilidade do governo.
“Nós não vamos pagar mais três anos pela conta desse desastre realizado pelo PT no governo. O processo de impeachment da presidente Dilma é o passo definitivo para iniciarmos a recuperação da esperança e da credibilidade para ajustamos as contas do Estado. Estavam todos esperando por esse passo que acabamos de dar”, comentou.

fale conosco