CPI do BNDES aprova convocações de Kim Kataguiri para ouvir ex-ministros petistas e ex-presidentes do Banco

05 de Abril de 2019

O foco da CPI é investigar se o BNDES privilegiou um determinado grupo de empresas brasileiras para fazer obras no exterior, em especial na Venezuela, Cuba e vários países africanos.

kim

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES aprovou, nesta quarta-feira (03), quatro requerimentos de convocação do deputado Kim Kataguiri (SP). Três deles são para convocação de ex-presidentes do BNDES: Carlos Lessa, Demian Fiocca e Luciano Coutinho. O quarto requerimento aprovado destina-se à convocação de Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda nos governos Lula e Dilma. Além disso, com apoio do deputado paulista, a CPI aprovou também a convocação do ex-ministro Antonio Palocci, peça essencial nos governos petistas.

“Tanto Mantega quanto Palocci foram ministros da era petista, responsável pela farra feita no BNDES que emprestou centenas de bilhões de reais a juros baixíssimos para ditaduras e empresas amigas. Palocci inclusive já delatou diversas esquemas de corrupção liderados por Lula e Dilma”, justificou Kataguiri.

O foco da CPI é investigar se o BNDES privilegiou um determinado grupo de empresas brasileiras para fazer obras no exterior, em especial na Venezuela, Cuba e vários países africanos. Convocados têm obrigação de comparecer e podem ser conduzidos de forma coercitiva, caso se recusem a depor aos deputados. Já os convidados podem recusar o convite.

fale conosco